REUNIÃO SOBRE ENSINO LATU SENSO EM ENDODONTIA - FASE DISTRITO FEDERAL

 



 

O Presidente da Sociedade Brasileira de Endodontia - SBENDO, Dr. Manoel Eduardo de Lima Machado, esteve com o Presidente do Conselho Regional de Odontologia do DF, Dr. Samir Najjar para a primeira reunião de elaboração da normativa dos Cursos de Endodontia, no Distrito Federal. O encontro aconteceu na sede do CRO-DF e contou também com a presença de membros das Entidades Odontológicas do Distrito Federal: Dra. Luciana Oliveira Pereira – ABO-Taguatinga; Dr. Anderson de Oliveira Paulo – ABCD; Dr. Wilker de Oliveira Silva – ABCD, além do Conselheiro e Presidente da Comissão de Ensino do CRO-DF, Dr. Arlindo Castro Filho.

O Presidente da SBENDO agradeceu ao CRO-DF pelo apoio e abertura cedidos para ampliar a proposta de qualificação da especialidade no Distrito Federal. “O objetivo hoje é iniciar um debate com os professores regionais de Endodontia, trabalho este que será desenvolvido junto com o Conselho para otimizar critérios prioritários na promoção da qualidade do ensino oferecido, como padronização da carga horária e análise dos cursos abertos”, explica.

Além disso, o Dr. Machado anunciou que será criado um Fórum virtual para que todos tenham acesso de forma prática e integrada ao andamento do debate. Vale destacar também que o trabalho iniciado no Distrito Federal está sendo desenvolvido de forma semelhante em todos os países da América Latina e o Brasil está representado pela SBENDO, informa o Dr. Machado.

O Dr. Samir Najjar agradeceu a confiança depositada no CRO-DF para contribuir na operacionalização da normativa. “O maior desafio é extinguir os ruídos no relacionamento entre paciente e profissional. O ideal seria estabelecer normatização para todos os cursos de especialização disponíveis atualmente. Além disso, o desempenho da SBENDO reduzirá o montante de trabalho no CRO-DF, pois muitos profissionais entram para o mercado de trabalho despreparados por conta da especialização de baixa qualidade, onde acaba gerando um problema para o paciente, que procura o CRO para requerer os seus direitos”, conclui Najjar.

Página do CRO-DF: Clique Aqui

  

 

 
 
 

© 2009  www.sbendo.com.br  Versão 2.0 / Todos os direitos reservados - All rights reserved
Site Desenvolvido por Cleber K. Nabeshima